Várias pesquisas apontam que os gastos com viagens chegam a ser o 3° maior custo para a maioria das Empresas, atrás apenas de gastos com recursos humanos e tecnologia.

Na busca por redução de custos, é comum acreditarmos que “a solução está na eliminação do intermediário, da compra direta nas cias. aéreas, hoteis, entre outros”Porém, no caso do turismo, está afirmação nem sempre se aplica, principalmente quando falamos de viagens corporativas.

Utilizando nossa metodologia, nossos sistemas, portais de viagens e nossa política de viagens, temos obtido uma

Vejamos algumas situações:

1- Com a compra direta em portais das cias. aéreas não é possível reservar voos (para serem emitidos posteriormente com o preço de antes), o que acaba gerando um aumento dos custos já que as passagens sobem de preço rapidamente;

2- Os sistemas das Agências permitem que a compra seja feita seguindo as políticas de viagens da empresa, mantendo um total controle gerencial de todo o processo (ex: controle por centros de custos);

Como um sistema de reservas e emissão de viagens REDUZ OS CUSTOS

Veja um exemplo de como é o processo de solicitação e compra de viagens, sem o uso de sistemas:

Processo
Off-Line

Sem os sistemas da Agência, entre os passos 1 e 3, pode ser que a viagem aumente de custo devido ao tempo de espera para a confirmação da mesma.
Após a confirmação da viagem, o Solicitante e a Secretária reiniciam o processo a fim de confirmar as melhores e preços disponíveis naquele momento, para então solicitar a aprovação (off-line) da demanda inicial.
Neste caso, há um grande desperdício de custo e ineficiência do processo, já que o Solicitante, a Secretária e o Aprovador interagem várias vezes até a emissão do voucher.

No cenário a seguir, a Secretária, ou o próprio Solicitante, reserva a melhor opção disponível, “bloqueando” o preço (*):

Processo
On-Line

E o melhor: tudo dentro das políticas de viagem da empresa. Ou seja, o próprio sistema valida as opções disponíveis em conformidade com o desejo da empresa, registrando todos os eventuais desvios.
No momento oportuno, o Solicitante, via sistema, busca a aprovação da viagem e emitindo o seu voucher com o preço original da reserva.

(*) Conforme regra das companhias aéreas, a reserva apenas garante o assento. Não garante a tarifa. No entanto, na prática, em 99,9% dos casos a tarifa permanece a mesma durante a reserva, até sua emissão, obtendo uma expressiva redução de custos como pode ser comprovado a seguir: